Quem somos

A Artesol é uma organização da sociedade civil brasileira fundada em 1998, sem fins lucrativos, independente e apartidária, que apoia os artesãos de todo o território nacional e atua como um centro de pesquisa, de reflexão e de formação para políticas públicas.

Nossa Missão


Promover a salvaguarda do fazer artesanal de tradição cultural, estimulando a autonomia dos artesãos e o seu desenvolvimento sociocultural e econômico.

Nossos valores e visão

Atuar com ética e responsabilidade socioambiental, valorizando as identidades culturais brasileiras, tendo como VISÃO um Brasil onde o saber artesanal de tradição esteja vivo e integrado à cultura e à economia.

O que fazemos
  • Promovemos o artesanato de tradição cultural brasileira
  • Revitalizamos técnicas em risco de desaparecimento através do estímulo à transmissão dos saberes tradicionais para futuras gerações
  • Capacitamos os artesãos para uma visão empreendedora de gestão de negócios
  • Difundimos o comércio justo na cadeia produtiva do artesanato

Nossos programas

Nossos programas são estruturados para desenvolver e fortalecer o ECOSSISTEMA de produção artesanal de tradição cultural no país.


1. Inclusão Socioprodutiva

Qualificar artesãos e grupos produtivos, estimulando-os a gerir de forma empreendedora seus negócios e utilizar novas tecnologias de comunicação e boas práticas de comercialização.

2. Fomento à comercialização

Promover a comercialização da produção artesanal, buscando a formação, ampliação e fortalecimento de um mercado consumidor sensível para os princípios do comércio justo.

3. Fomento cultural

Inspirar artesãos e mestres a manter vivas as tradições relacionadas ao fazer artesanal, produzindo conhecimento e disseminando-os em festivais, publicações e documentários que conscientizem a sociedade sobre o valor cultural dessa atividade.

4. Políticas públicas

Influenciar a criação de políticas públicas para a organização e fortalecimento do setor artesanal.

Desenvolvimento sustentável

Nossa atuação está alinhada com os objetivos da ONU para o alcance do desenvolvimento sustentável.

História

A Artesol foi idealizada em 1998 pela antropóloga Ruth Cardoso, sendo inicialmente concebida como um programa de combate à pobreza em regiões do nordeste brasileiro castigadas pela seca. A partir de 2002, tornou-se uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) com atuação nas áreas social, cultural e econômica através de diversos projetos relacionados ao artesanato brasileiro.

São mais de duas décadas de trabalho intenso em todas as regiões do país, em que a organização tem apoiado a formação de associações, capacitado centenas de grupos, mapeado artesãos, mestres e artistas populares, aberto mercado para o objeto artesanal, realizado exposições, lançado livros e criado conexões diretas entre comunidades e o poder público. Ao todo, são 136 projetos já realizados e muitas conquistas relacionadas à geração de autoestima dos artesãos, distribuição de renda através da inclusão produtiva, valorização da cultura popular e das práticas de comércio justo.

Hoje, a Artesol tem um time sensível de profissionais e voluntários tecendo uma rede eficaz para a vitalidade do patrimônio imaterial e material das comunidades artesãs, envolvendo parceiros dos setores privado, governamental e da sociedade civil. Além disso, a OSCIP tem reconhecimento internacional por sua pioneira atuação em defesa do comércio justo no segmento artesanal no Brasil, sendo a primeira organização ligada ao artesanato a se tornar membro da World Fair Trade Organization. A Unesco é outra instituição que reconhece a atuação da Artesol no campo da salvaguarda do patrimônio cultural desde 2010.